Monday, December 11, 2006

água e o tratamento de doenças

Água e os tratamentos de doenças

Nosso organismo é formado, por inúmeros órgãos; fígado, baço, cérebro, todo o esqueleto, mas algum desses órgãos contém líquido e, portanto água. Pode-se, pois, dizer que o nosso corpo é formado por cerca de 70% de água, que são perdidos e repostos constantemente. A reposição é o grande segredo da saúde e também da beleza em geral, que se reflete na pele, enrugada, áspera desidratada que dá o aspecto de falta de saúde e de envelhecimento precoce. Daí a importância de mantê-la sempre hidratada. A água da pele pode vir da ingestão de líquidos e da aplicação local, que mantenha as células em atividade. Os melhores agentes para isso são os hidratantes com princípios ativos, que agem profundamente. Todas as dietas para emagrecer falam das comidas que podem e que não podem ser ingeridas, mas a maior parte dessas dietas não referem quanto tem que tomar de água e líquidos em geral. Se a pessoa beber um copo de leite já corresponde um copo de líquido. O ideal seria beber água mesmo, que não tem calorias, mas tem gente que tem dificuldade em ingerir somente a água. Por isso, acaba tomando sucos e refrigerantes que já tem calorias, mas também se conta. O ideal são 2 litros, que correspondem a 8 copos de água por dia. Admite-se que cada copo cheio de qualquer líquido contém 250 ml. Cerveja e chá também conta, mas põem conter calorias de outras formas. Pelos cálculos dos médicos nosso organismo necessita repor dois litros de água perdida diariamente, que eliminamos através da urina, do suor e das fezes. Se essa quantidade de líquido não for reposta, entramos num processo de desidratação e intoxicação. As pessoas que tomam remédios, como por exemplo: diuréticos, que fazem urinar mais, ajudando abaixar a pressão arterial. Mas os remédios anti-reumáticos e a cortisona; fazem o organismo reter água, então a quantidade de líquido precisa ser menor de 2 litros? E não é só isso: quando ingerimos um alimento, parte dele é absorvido pelo nosso organismo (as proteínas, as gorduras e o açúcar). Mas quando ingerimos um medicamento, parte vai atuar sobre a dor e a inflamação, mas os restos, as toxinas, são eliminados pela urina. O órgão responsável por esse trabalho é o rim. Se ingerirmos pouco líquido, o rim fica sobrecarregado e não têm as condições ideais para realizar esse processo de filtração. Só que nesse processo, de eliminar mais toxinas pelo rim, perdemos também sais minerais, principalmente potássio e sódio. Então, se por um lado é preciso tomar água para facilitar a filtração pelos rins, por outro, ela não pode ser ingerida em excesso para que a perda de sais minerais não seja grande. Por isso, para repor o líquido perdido diariamente, você deve ingerir água pura. Vale lembrar que quando comemos alimentos sólidos também estamos ingerindo líquidos. Durante as dietas de emagrecimento, quando você diminui a quantidade de alimentos ingeridos e queima gorduras (processo que elimina mais água do que o normal), é preciso tomar mais líquidos para não desidratar. Quando a quantidade de água é insuficiente, diminui a urina formada, fica mais concentrada, mais escura e as fezes ficam mais duras e mais difíceis de serem eliminas, dando a prisão de ventre. São dois sinais que tanto na dieta de emagrecer como no tratamento dos reumatismos, demonstram que falta água no organismo. Dias de muito calor, perde-se água pelo suor, por isso deve-se beber mais água.

No comments: