Thursday, July 05, 2007

Depressão Bipolar

Depressão Bipolar

Luiz Antônio Henrique


Depressão Bipolar. Como a própria expressão esta sugerindo, trata-se
de um mal que tem 2 pólos. Provavelmente uma de origem patológica e
outra psicológica.

E ainda, poderíamos diagnosticar com outras subdivisões das origens
patológicas e psicológicas.

- Psicológica - Teria origem ou causas diversas como a solidão,
carências afetivas, memória com passagens traumáticas e outras formas
de frustrações que ferem os sentimentos.


Patológica - Suas origens poderia ser provocadas pôr alguns tipos de
doenças, em que a pessoa não estaria com a saúde em nível razoável,
teria problemas provocados pelo diabetes, má alimentação, fadiga
física e mental e outras doenças que afetariam o animo e boa
disposição.

Mas, na maioria dos casos, nenhuma pessoa teve a sua vida, sempre
atacada pela depressão. Procurando pela memória, facilmente
encontraremos passagens em nossa vida em que, a boa disposição, as
poderosas forças do bom animo, aliadas a uma saúde física e mental dos
melhores níveis, levou-nos a momentos extremamente agradáveis, alegres
e felizes.

Então hoje, não mais estando nesse alto astral, provocados pôr uma
serie de acontecimentos indesejáveis, sentimos como um todo, uma
espécie de profunda tristeza e que modernamente, traduzimos como
depressão e como forma mais especifica de depressão Bipolar.

Certamente aconteceram coisas em nossa vida, que nos arrastou para
esse estado desagradável e até com sabor de morte. Essa horrível
sensação nos assusta e faz com que procuremos pôr socorro. Mas, sem
perder a Calma e não se deixando influenciar pelo pânico, podemos de
maneira um tanto fria, tentar analisar o que estaria acontecendo. Na
maioria dos casos, o que vem provocar esse estado depressivo, é a
ausência de acontecimentos agradáveis. A vida, sem que ninguem assim o
desejasse, entrou num labirinto de chateações, monotonia, diversos
tipos de carência (inclusive e principalmente a afetiva e amorosa) que
ameaçam destruir até a nossa alma, e vontade de cair prostrados em uma
cama.

Lá bem fundo da nossa alma, ou movidos pelo instinto de sobrevivência,
uma voz clama pela nossa reação, pois alguma coisa precisa ser feita e
urgente. Apesar de ser tênue a chama que alimenta a vida, os
incentivos e estímulos da esperança, seriam de momento, as únicas mãos
que vem em nosso socorro. Se entramos nesse fosso temos que saber
sair, tem de haver uma saída.

A Depressão a semelhança de doenças oportunistas, nos ataca com tudo
no momento em que estamos fracos ou com baixas resistências ao mal.
Mas porque estaríamos fracos ? Porque chegamos a esse ponto critico ?
A Depressão não pode nos atacar sem causas especificas. Temos de
checar o nosso sistema de vida nas ultimas semanas ou últimos meses.
Temos de verificar se estamos nos alimentando de forma correta, ou
seja com todos os nutrientes de que o corpo e o cérebro precisam. A
simples falta de alguma vitamina, sal mineral, proteínas, gorduras e
Carboidratos, podem nos levar ao estado da debilidade. Se este estado
de fraqueza provocado pela subnutrição, estiver aliado a excessos de
esforços físicos e mental, então BINGO ! - Estão ai as principais
causas da depressão. Não estamos incluindo aqui, problemas de
depressão provocados pôr doenças que se enquadrem na patologia. Nesses
casos, é necessário o acompanhamento medico. Pôr exemplo, o diabetes
pode levar inclusive a depressão porque a pessoa passa a não ter um
bom sistema de suprimento das energias

Não pode haver uma pessoa suficientemente bem alimentada e bem
descansada que possa ter os sintomas de depressão. Outro fator
poderoso seriam as boas noites de sono. Nada pode nos aproximar mais
da morte de que o fato de não ter boas noites de sono de forma
seguida. Clinicamente, sabemos que uma pessoa não pode resistir a 15
dias de insônia seguidos. Passados os 15 dias sem dormir, a pessoa
entra em coma seguida de morte.

Pensamos que seriam estes os verdadeiros e seguros caminhos de combate
a depressão:

Alimentar-se corretamente com todos os nutrientes necessários a boa saúde.
Ter as suficientes horas de descanso para evitar a fadiga e a exaustão.
Não dispensar os exercícios físicos moderados de acordo com o seu tipo
de pessoa.
Se o problema for afetivo, trate de se movimentar mais nesse sentido.
Desenvolva a autoestima, procure sempre se vestir da forma que mais
lhe agrade, procure novas amizades e conserve as que já existem.
Procure um novo amor. Nada pode ser mais antidepressivo de que as
poderosas forças do amor. Todos nos temos direitos a ele.

Em principio, a Depressão parece ser uma mal adquirido nos últimos
tempos de nossa vida. Porque entramos nesse buraco ? Agora, como sair
dele ? Se caímos num buraco, como qualquer outro animal, certamente
houve descuidos de nossa parte. Erramos. Mas um erro pode ser
corrigido. Bastaria olhar mais atentamente para o nosso comportamento
do dia-a-dia. O que estamos fazendo de errado ou deixando de fazer ?

Errar é humano, mas corrigir os erros é Sublime.

No comments: