Thursday, August 27, 2015

Testes psicológicos na seleção de pessoal

Testes psicológicos na seleção de pessoal

quinta-feira, 20 de agosto de 2015
A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo
Testes psicológicos na seleção de pessoal
A importância dos testes psicológicos na seleção de pessoal
O processo de recrutamento de pessoal visa selecionar as pessoas mais habilitadas para o exercício de determinadas funções e para tentar predizer o desempenho delas no trabalho em questão. Normalmente ele é feito através da análise de curriculum vitae e entrevistas que têm por objetivo avaliar competências, habilidades específicas e traços gerais da personalidade do candidato. Nesse último sentido, os testes psicológicos são instrumentos indispensáveis para complementar as impressões que possam ser colhidas nas entrevistas psicológicas. Existem vários testes psicológicos, alguns são mais adaptados para avaliar aspectos psicológicos específicos como atenção, interesses ou coordenação psicomotora1, por exemplo, e outros procuram avaliar traços gerais da personalidade. Cabe ao profissional que os aplica definir quais aspectos são mais relevantes para a seleção em questão e fazer a escolha dos melhores testes para determinada função. Alguns dos testes mais utilizados são:
Inventário fatorial de personalidade (IFP)
O inventário visa avaliar o indivíduo normal em quinze necessidades ou motivos psicológicos: Assistência, Dominância, Ordem, Denegação, Intracepção, Desempenho, Exibição, Heterossexualidade, Afago, Mudança, Persistência, Agressão, Deferência, Autonomia e Afiliação. O kit completo do teste é composto por um manual técnico, cinco cadernos reutilizáveis de aplicação, um bloco de folha de respostas, um bloco de folha de apuração para o sexo feminino ou outro bloco para o sexo masculino. O teste é composto por 130 itens, a serem respondidos em uma escala de pontos que vai de um (nada característico) a sete (totalmente característico).
Alguns exemplos das questões apresentadas são:
1- Gosto que meus amigos me apoiem quando fracasso.
2- Gosto de fazer coisas que outras pessoas consideram fora do comum.
3- Gostaria de realizar um grande feito ou grande obra na minha vida.
5- Gosto de sair com pessoas atraentes do sexo oposto.
E assim por diante...
Teste de atenção concentrada
Visa avaliar a capacidade que o sujeito tem de manter a sua atenção concentrada e é muito realizado na seleção de pessoal e em exames para motoristas. O teste é elaborado com material gráfico e a avaliação é simples através de crivo de correção transparente. O teste de atenção concentrada informa sobre a capacidade de foco em uma determinada tarefa em detrimento de outras, levando em conta o tempo de duração.
Teste palográfico
Trata-se de um teste de personalidade por meio de comportamentos expressivos, com a realização de pequenos traços verticais paralelos. Sua aplicação é muito simples, rápida e sua correção é realizada pela avaliação quantitativa e qualitativa, com base nos traços realizados, mas exige certo grau de preparação e experiência do psicólogo com a técnica. Hoje em dia, tem sido uma das ferramentas mais utilizadas para seleção de pessoal, exames de autoescola e para tirar porte de armas.
Teste de avaliação tipológica - QUATI
O teste visa classificar as pessoas segundo os dezesseis tipos psicológicos estabelecidos por Jung. O teste é constituído de noventa e três questões a serem respondidas apenas com as alternativas “A” e “B”. Jung constatou que os seres humanos se classificam em quatro tipos: pensamento, sentimento, sensação e intuição. Cada um desses quatros tipos se subdivide em duas classes: racional e irracional. O teste busca avaliar a personalidade através das escolhas situacionais que cada indivíduo faz. Pode ser utilizado em seleção de pessoal, avaliação de potencial, orientação vocacional, psicodiagnóstico, etc.
Teste de raciocínio lógico
Foi elaborado com a finalidade de investigar, avaliar e mensurar as diversas operações mentais envolvidas no raciocínio lógico, principalmente de motoristas, vigilantes e seguranças, sendo indicado também para avaliação neuropsicológica de idosos. O teste permite identificar quais os tipos de raciocínio em que o examinando2 apresentou maior facilidade ou dificuldade. É composto por quarenta questões, de aplicação individual ou coletiva.
Teste não verbal de inteligência
Há diversos testes de avaliação não verbal da inteligência. Um dos mais conhecidos, o G-36, visa avaliar a capacidade intelectual através de questões dispostas em ordem crescente de dificuldade, envolvendo compreensão de relação de identidade e raciocínio por analogia. O sujeito deve escolher para cada item apresentado a alternativa correta e registrá-la em folha apropriada. A correção é feita com crivos de acertos e erros, por meio dos quais se pode obter quantitativamente o total de acertos e qualitativamente os tipos de erros cometidos pelo sujeito, considerando os diversos raciocínios exigidos para responder a cada item do teste.
Inventário de administração de tempo - ADT
O inventário de administração de tempo é constituído por um conjunto de 96 afirmações, divididas em 16 áreas, relacionadas direta ou indiretamente com a forma como as pessoas utilizam o seu tempo no ambiente de trabalho, permitindo avaliar os resultados gerais e identificar áreas problemáticas específicas de gerenciamento do tempo. Deverá ser aplicado por profissionais da área de recursos humanos que possuam experiência na aplicação de inventários desta natureza. Tem por objetivo diagnosticar os tempos desperdiçados do inquirido. Trata-se de teste importante nos processos seletivos de executivos, gerentes, supervisores e secretárias.
Escala Beck
As escalas Beck, criadas por Aaron Beck, consistem em um questionário com 21 itens de múltipla escolha. Elas são excelentes avaliadoras de ansiedade, ideação suicida, depressão e podem ser utilizadas na clínica e no acompanhamento de pessoal.
Inventário de sintomas3 de estresse para adultos de lipp (ISSL)
Instrumento útil na identificação de quadros de estresse em adultos e a fase do processo de estresse em que a pessoa se encontra (alerta, resistência, quase-exaustão e exaustão). Baseia-se em um modelo quadrifásico e propõe um método de avaliação que enfatiza a sintomatologia somática e psicológica etiologicamente ligada ao estresse. Pode ser aplicado para pessoas com 15 anos de idade ou mais.
Psicodiagnóstico miocinético - PMK
Muito utilizado na avaliação de candidatos a motoristas, operadores de máquinas e para quem vai portar arma de fogo. Ele dá uma visão4 bastante clara e diferenciada da personalidade humana, sua estrutura e dinâmica, mostrando como a pessoa reage em contato com o meio ambiente: tônus vital, agressividade, reação vivencial, emotividade, dimensão tensional e predomínio tensional.
Teste de Zulliger
O teste de Zulliger foi criado por Hans Zulliger, psicólogo suíço, e tem por finalidade o psicodiagnóstico, a avaliação da personalidade, a seleção de pessoal, a avaliação de desempenho, etc. Sua aplicação pode ser individual ou coletiva, para toda e qualquer dessas finalidades. O teste consta de três pranchas: prancha I, que avalia aspectos primitivos da personalidade; prancha II, que enfoca a afetividade e as emoções e prancha III, que apura os relacionamentos. A interpretação integrada das três pranchas propicia uma visão4 muito aprofundada da personalidade humana, especialmente em relação aos seus aspectos afetivo-emocionais, bem como em termos de intelectualidade, pensamento, objetivos de vida, sociabilidade, relacionamento interpessoal, etc.
Teste Wartegg
Este teste é muito utilizado em recrutamento pessoal, sendo uma técnica de investigação da personalidade através de desenhos obtidos por meio de uma variedade de pequenos elementos gráficos que servem como uma série de temas formais a serem desenvolvidos pelo indivíduo de maneira pessoal. São oito campos em que o testando deverá realizar oito desenhos, na sequência que desejar, no tema que quiser, de acordo com seu próprio ritmo. Cada campo tem o seu valor próprio. O campo 1 avalia o eu, o ego e a autoestima; o campo 2 avalia as fantasias e a afetividade; o campo 3 procura verificar a ambição, as metas e os objetivos; o campo 4 procura diagnosticar a angústia e como a pessoa lida com conflitos; o campo 5 faz um levantamento da energia vital da transposição de obstáculos; o campo 6 apura a criatividade; o campo 7 estuda a sexualidade, a sensualidade e a sensibilidade e o campo 8, demonstra aspectos sociais e empatia com os outros.
ABC.MED.BR, 2015. Testes psicológicos na seleção de pessoal. Disponível em: . Acesso em: 27 ago. 2015.

No comments: