Wednesday, May 18, 2011

Aspectos atuais na nutrição do diabético


Jornalista Fabiana Fontainha
Burson Masteller

Dr. Daniel Magnoni
Coordenador do Comitê do Selo de Aprovação SBC

Dados do Ministério da Saúde revelam que o Diabetes Mellitus atinge 11% das pessoas com mais de 40 anos no Brasil, correspondendo a 11 milhões de pacientes. Segundo a Federal Internacional do Diabetes, são mais de 151 milhões de diabéticos no mundo todo.

As atuais recomendações médicas nacionais e internacionais, como da Sociedade Americana de Diabetes, reforçam a necessidade da dieta equilibrada para alcançar e manter níveis normais de glicose no sangue, pressão sanguínea e índices adequados de lipídios e proteínas. Esses são fatores que contribuem para a prevenção e redução das complicações da patologia.

Determinados alimentos possuem nutrientes favoráveis à saúde do paciente com diabetes. As leguminosas como a soja, por exemplo, possuem proteínas vegetais e são boas fontes de fibras para o controle da glicemia. As hortaliças verdes e amarelas possuem vitaminas e carotenóides que combatem os radicais livres, já os vegetais e frutas vermelhas possuem licopeno (um tipo de carotenóide com ação antioxidante). Outras frutas possuem fibras solúveis, vitamina C e potássio. Leites, iogurtes e derivados são alimentos protéicos e fontes de cálcio. Carnes e ovos são fontes de proteínas e ferro. Para prevenir doenças coronarianas, o consumo de gorduras e carboidratos são permitidos de forma equilibrada. Algumas linhas terapêuticas sugerem o controle da quantidade diária de carboidratos, outras a avaliação do índice glicêmico dos alimentos, mas o primeiro passo é a adoção de uma dieta balanceada.

Determinados alimentos possuem nutrientes favoráveis à saúde do paciente com diabetes. As leguminosas como a soja, por exemplo, possuem proteínas vegetais e são boas fontes de fibras para o controle da glicemia. As hortaliças verdes e amarelas possuem vitaminas e carotenóides que combatem os radicais livres, já os vegetais e frutas vermelhas possuem licopeno (um tipo de carotenóide com ação antioxidante). Outras frutas possuem fibras solúveis, vitamina C e potássio. Leites, iogurtes e derivados são alimentos protéicos e fontes de cálcio. Carnes e ovos são fontes de proteínas e ferro. Para prevenir doenças coronarianas, o consumo de gorduras e carboidratos são permitidos de forma equilibrada. Algumas linhas terapêuticas sugerem o controle da quantidade diária de carboidratos, outras a avaliação do índice glicêmico dos alimentos, mas o primeiro passo é a adoção de uma dieta balanceada.

Suplementos orais

Existem suplementos formulados especialmente para os diabéticos. Eles melhoram o controle da glicemia e diminuem o risco de complicações desencadeadas pela doença.

Os principais componentes desses suplementos são: caseinato de cálcio, proteína isolada de soja, os lipídios monoinsaturados e as fibras solúveis. Pesquisas mostram que estes nutrientes auxiliam na diminuição do colesterol sérico e na redução da resistência à insulina. Desta forma, melhoram o controle glicêmico, promovem saciedade, nutrição adequada e reduzem o risco de doenças cardiovasculares.

O suplemento oral ajuda a suprir as necessidades das pessoas que têm dificuldade de manter a dieta balanceada. É o melhor lanche para ser consumido entre as refeições.

"Dez passos para uma alimentação saudável"

1.Estabeleça horários para as refeições com 5 a 6 refeições/dia
2.Consuma variados tipos de legumes, verduras e frutas
3.Escolha alimentos ricos em fibras
4.Evite alimentos ricos em açúcares como doces, refrigerantes, chocolates e outras guloseimas
5.Consuma pouco sal
6.Diminua o consumo de gorduras como manteiga, margarina e frituras
7.Evite fumar e consumir bebidas alcoólicas
8.Beba água
9.Mantenha o peso saudável
10.Te

No comments: